segunda-feira, 19 de março de 2012

violoes que choram...

Vozes veladas, veludosas vozes,
   volúpias dos voilões, vozes veladas,
   vagam nos velhos vórtices velozes
   dos vemtos, vivas, vãs, vulcanizadas.

                                                               Cruz e Souza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário