quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Dicas sobre alcoól e dirfeção

Conduzir sob efeito de bebida alcoólica, conforme a LEGISLAÇÃO em vigor, é um ato criminoso. Apesar disso, mais de 50% dos acidentes de trânsito, no Brasil, envolvem alguém alcoolizado.
Os dois maiores perigos do álcool são:
  • A maioria das pessoas alcoolizadas “acredita” que está bem, com reflexos e reações normais. Isso ocorre devido à falsa sensação inicial de leveza e bem estar que o álcool proporciona.
  • O álcool induz as pessoas a fazerem coisas que normalmente não fariam, seja por excesso de confiança, ou pela perda da noção de perigo e respeito à vida.

Os principais efeitos do álcool no organismo são:
  • Diminuição da coordenação motora.
  • Visão distorcida, dupla e fora de foco.
  • Raciocínio e reações lentas.
  • Falta de concentração.
  • Diminuição ou perda do espírito crítico.
  • Baixa qualidade de julgamento.

Principais comportamentos nocivos no trânsito, provocados pela ingestão de bebidas alcoólicas: excesso de velocidade, manobras arriscadas, avaliação incorreta de distâncias, erros visuais, com desvios de direção, erros por reações fora de tempo, atrasadas, perda do controle da situação.
O bafômetro é um aparelho que mede a dosagem de álcool contida no ar expelido pelo condutor. Segundo o CTB, se a concentração for maior que 6 decigramas por litro de sangue, o indivíduo está alcoolizado e, portanto, impedido de dirigir. A partir de fevereiro de 2006, a lei 11.275, autoriza policiais a autuar motoristas flagrados dirigindo sob influência de álcool baseado apenas em sinais de embriaguez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário